Aprender a surfar
TORRES,  TURISMO,  UTILIDADES

Dicas para aprender a surfar

Quer aprender a surfar, mas não faz ideia por onde começar? Relaxa e confira essas dicas!

A estação mais quente do ano está bem pertinho de começar. Se você pretende viajar para a praia, já pensou na possibilidade de aprender a surfar e curtir o mar de uma forma completamente diferente? Então nesse post, você vai encontrar as primeiras dicas para quem curte o esporte e está a fim de se aventurar neste verão!

Pré-requisito para aprender surfar

Além de ter mais de 5 anos, a primeira coisa que você precisa saber, é nadar. Não há a necessidade de ser um expert em natação, no entanto, é necessário ter as noções básicas para ter segurança no mar. A recomendação é que sejam feitas aulas com profissionais. Mas, se você quer aprender a surfar por conta própria, o nado crawl é uma boa opção para iniciantes.

Escolha da prancha ideal

Aprender a surfar - Escolha da prancha ideal

A escolha da prancha certa depende muito do seu objetivo no surf, do seu peso e da sua altura. Quanto maior sua estatura, maior deve ser o volume da prancha. Existem também modelos diferentes para as condições do mar, do vento e de todos os fatores da natureza que influenciam no esporte.

 

As softboards e longbords são algumas das opções indicadas para quem está iniciando – por causa do seu formato e leveza. As softboards geralmente são boas por serem leves e mais baratas que as demais. Já as longboards são indicadas para quem quer aprender a surfar, visto que elas são maiores e proporcionam mais equilíbrio.  Uma alternativa para escolher a prancha ideal para você é ir até uma loja especializada.

 

Em Torres, tem o Simões Surfboards por exemplo, ou a De Lucca Surf Skate Shop. Ambos saberão te indicar a que mais se encaixa no seu perfil.

Cuidados com a segurança

Além da natação, é importante ter alguns cuidados na hora de entrar no mar para praticar o surfe:

 

  1. Acima de tudo, procure ficar numa área próxima dos salva-vidas, para evitar que acidentes mais graves aconteçam;
  2. Fique sempre de olho na cor das bandeiras do mar: a vermelha significa que a água está agitada, indicando que se deve evitar entrar neste dia. A amarela, quer dizer que existem correntes marítimas fortes, e requer atenção. Já a cor verde, informa que o mar está tranquilo para tomar banho, mas é claro, sempre tomando os cuidados necessários;
  3. Evite praticar sozinho, tente sempre ficar próximo a outros surfistas, caso precise de alguma ajuda;
  4. Uma dica do Corpo de Bombeiros Militar (CBM) é sempre ficar atento a buracos e correntes de retorno para evitar acidentes.

A prática

O Corretor de Imóveis da Nossa Casa, Tiago Hasse, explica que aprendeu a surfar sozinho, após ganhar a primeira prancha. Ele dá dicas para quem está iniciando: “o preparo físico e a natação básica são essenciais para a prática do esporte”. Ressalta ainda que considera a Praia dos Molhes e a Prainha as melhores para surfar em Torres! Como resultado da paixão pelo hobby, Tiago já realizou viagens para o Peru e para o Chile, em alguns campeonatos de surf que participou.

Além dele, nosso Auxiliar Administrativo, Eduardo Brocca, também considera o surf um hobby. Ele começou a praticar com o irmão quando tinha apenas 13 anos e aprenderam ajudando um ao outro. Na época, já sabia o básico da natação, mas conta que o surf fez com que adquirisse muito mais experiência. “Antes de praticar, é importante ter uma boa alimentação e um preparo físico legal, porque o mar exige muita força”, afirma. O melhor pico de Torres para surfar, segundo Eduardo, é a Praia da Cal! 

Se você está em Torres ou vai vir, não deixe de conhecer a Escola de Surf do professor Felipe Raupp. Ele dá aulas a nível iniciante, avançado e competitivo! Além dele, tem o Projeto Surfar, coordenado por Jonas Brocca, que visa a inclusão de crianças e adolescentes por meio do surf de forma gratuita!

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *